sábado, 11 de fevereiro de 2017

COMUNICADO


Estamos realizando obras no Camping para melhor atendê-los.






Breve estaremos reabrindo para atendimento ao público.

Informações pelo tel/Whatsapp 84 981831239

Acampar no final de semana pode ser a receita para acabar com a insônia?

Passar o tempo ao ar livre ajuda a dormir, mas cientistas dizem que usar mais luz natural em casa também pode garantir esse benefício.




Cientistas americanos sugerem que passar o final de semana acampando garante a recuperação do ritmo biológico que influencia o sono;

A equipe da Universidede Colorado Boulder argumenta, em uma pesquisa publicada na revista científica Current Biology, que passar o tempo ao ar livre ajuda aqueles com dificuldade de levantar de manhã e ainda melhora a saúde em geral.

Os pesquisadores disseram que trocar os tijolos e a argamassa pela lona de acampamento não deve ser uma solução de longo prazo. Mas que expor-se mais à luz natural do dia (e menos à noite) pode trazer benefícios.

CICLOS

O corpo tem o chamado ritmo circadiano diário, o ciclo biológico dos seres vivos que é influenciado pela variação da luz.

Ele impacta o estado de alerta, humor, força física, a necessidade de dormir e até o risco de ataques do coração, como parte de um ciclo de 24 horas.

A luz ajuda no controle desse ciclo, mas a luz artificial da vida moderna e o alarme de relógios e smartphones alteraram nossos hábitos de sono.

"Estamos acordando numa hora em que nosso relógio circadiano diz que deveríamos estar dormindo", disse Kenneth Wright, um dos responsáveis pelo estudo.

Segundo ele, essa prática é prejudicial à saúde e estudos sugerem sua relação com distúrbios de humor, diabetes tipo 2 e obesidade. Além disso, nos deixaria mais tontos e sonolentos quando levantamos de manhã.

O BOTÃO `RESET´

Para chegar a essas conclusões, a equipe de Wright organizou uma série de expedições de acampamento com um pequeno grupo de voluntários numa região do Colorado.

Eles usaram relógios especiais para registrar os níveis de luz e fizeram exames de sangue para analisar o hormônio do sono, a melatonina. A única luz artificial à qual eram permitidos era o brilho de uma fogueira. Até mesmo as tochas foram banidas.

Em apenas uma semana de acampamento no inverno já foi possível observar que as pessoas eram expostas a 13 vezes mais luz durante a experiência do que em suas casas, mesmo nas horas mais escuras do ano.

Os níveis de melatonina começaram a subir duas horas e meia mais cedo do que antes da expedição. E eles foram para cama mais cedo também. Os voluntários estavam agora dormindo e acordando conforme seu relógio biológico.

Outra viagem a campo mostrou que este benefício já era possível só de se passar apenas um final de semana fora de casa.

Entretanto, o relógio biológico das pessoas começava a voltar ao ritmo antigo assim que elas começassem a empacotar as lonas.

"Nós não estamos dizendo que acampar é a resposta aqui, mas podemos introduzir mais luz natural à vida moderna".

"Isto é algo que nós como sociedade podemos regular sem que as pessoas tenham que mudar seu comportamento".

Ele acredita que as casas, escritórios e escolas podem ser planejados para permitir mais luz natural. E a nova geração de lâmpadas "ajustáveis" também poderia ser mais usada.
Para manter o benefício, as pessoas deveriam se expor mais à luz natural - por exemplo saindo para caminhar depois do trabalho - e usando menos luz artificial durante a noite.

DIFERENÇAS DO INVERNO

Os pesquisadores também sugerem que o relógio biológico sofre alterações durante o ano, e isto pode afetar como o corpo funciona.

Numa semana de acampamento no verão, a produção de melatonina foi alterada em duas horas; e no inverno, em 2,6 horas.

Isto sugere que existe uma diferença na forma como nossos corpos reagem a dias mais longos ou mais curtos.

E já se sabe que algumas pessoas sofrem de perda de humor, com transtornos afetivos sazonais.

"Temos pistas de que existe algo nessa relação, que em algum momento da história isso foi crítico. Agora, no ambiente moderno, talvez não precisemos nos importar por exemplo em ganhar peso no inverno. Mas ainda sofremos os impactos psicológicos", disse Wright.
______________________________________________________________________________________________________________
Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/acampar-no-final-de-semana-pode-ser-a-receita-para-acabar-com-a-insonia.ghtml

sábado, 24 de dezembro de 2016

Gostoso Caping














Como chegar



Aluguel de barracas*


Você quer viver uma aventura na mais badalada praia do Rio Grande do Norte, em contato direto com a natureza e o tem barraca, fica tranquilo(a). Temos barracas* para alugar.


Mais informações: Tel/Whatsapp 84 98183-1239

Barracas com capacidade para até 3 pessoas.
































































(*Nossas barracas são para uso restrito ao interior do camping)

O que fazer em Gostoso


Atenção!

A região de praias de São Miguel do Gostoso é área de desova de mamães Tartarugas Marinhas, que aqui chegam para por seus ovos e cumprir seu ciclo reprodutivo.

Tenham cuidado ao caminhar pelas praias. Se encontrar tartarugas adultas ou filhotes deixe-os seguir livremente. Se encontrar animais feridos ou encalhados, entre em contato com o Camping (84 981831239 / 981129611) e providenciaremos ajuda.




















































































A paisagem local

































































































































































































Na área de frente do Camping, há uma família de corujas que mantém suas tocas no solo. Se tiver sorte poderá observar o trabalho desses animais caçando e retornando para levar alimento aos seus filhotes.
ATENÇÃO! Não é permitido tocar nos animais ou dar-lhes alimentos.






















quinta-feira, 27 de agosto de 2015

São Miguel do Gostoso ganha seu primeiro Camping

Gostoso Camping pretende oferecer serviço diferenciado de atendimento aos campistas que chegam à São Miguel do Gostoso.

Um ambiente de integração, que propicie aos clientes o contato com a natureza, socialização de idéias, trocas de experiências e conhecimento da cultura local.

Localizado na tradicional e pacata comunidade de Reduto, distante 5 km do centro de São Miguel do Gostoso e 2,5km da mais bela praia da região, a Praia de Tourinhos, o Gostoso Camping disponibiliza aos seus clientes estacionamento e área para acampamento com barracas e motorhomes.

Estrutura com banheiros, lavanderia e cozinha compartilhada, luz elétrica e água.

Em Gostoso, o cliente conta com opções de lazer como praias, esportes aquáticos, trilhas ecológicas, caminhadas, passeios bicicleta, quadriciclo, turismo contemplativo e atividades de educação ambiental.

Informações: 55 84 981831239 (Whatsapp)
......................................................................................


Para que nossos clientes possam desfrutar de um ambiente tranquilo e de respeito, apresentamos as regras do Gostoso Camping.


REGRAS DE USO DO CAMPING

1) O acesso ao Camping somente será permitido após o preenchimento da ficha de cadastro e o pagamento do valor da estadia, e deve ser efetivado até o momento da chegada do cliente.
2) Ao ingressar no Camping o cliente declara estar de acordo com o presente regulamento e se obriga ao seu fiel cumprimento.
3) Quando do ingresso no Camping o cliente receberá uma identificação, que deverá ser apresentada quando solicitado.
4) O cliente será orientado sobre o local onde instalar sua barraca. A mudança de local deverá autorizada pela administração.
5) A iluminação do Camping será ligada ao escurecer e desligada as vinte e duas (22) horas, mantendo-se a iluminação essencial.
6) É permitido o uso de equipamento de som, no limite máximo de setenta (70) decibéis, no período compreendido entre às oito (08) e vinte e duas (22) horas.
7) No período compreendido entre às vinte e duas (22) e oito (08) horas, deverá ser respeitado o silêncio no Camping, quando os clientes deverão evitar sons, barulhos e ruídos.
8) Os equipamentos do Camping (banheiros, lavanderia e cozinha) são de uso coletivo. O cliente é livre para fazer uso dos equipamentos. Porém, após utilizar, se obriga a manter limpo tudo o que usou.
9) O horário para uso da cozinha é das seis (06) às vinte e duas (22) horas.
10) A tensão dos pontos de energia é de 220 volts.
11) É proibido o uso de aparelhos com resistência (churrasqueiras elétricas, freezers, micro-ondas, panela elétrica, ar-condicionado, secador de cabelo, etc.) na rede elétrica do Camping.
12) Os veículos serão estacionados na área indicada pela administração.
13) É proibida a entrada e permanência de armas no interior do Camping.
14) É proibido ingressar com fogos de artifício ou utilizar tais fogos no interior do Camping.
15) É proibido todo e qualquer tipo de violência contra animais e danos ao meio ambiente.
16) O Camping disponibiliza locais apropriados para colocação do lixo. Jogar lixo fora dos locais indicados sujeita o cliente a multa.
17) Os danos causados as instalações do Camping, mesmo que involuntariamente, deverão ser indenizados.
18) Ao sair dá área do Camping, o cliente deve guardar seus pertences e deixar fechada sua barraca ou veículo, evitando abandonar objetos.
19) O Gostoso Camping não se responsabiliza por danos, perdas ou extravio de objetos deixados dentro ou fora das barracas.
20) O acesso à piscina é permitido mediante pagamento de taxa (R$ 10,00 por pessoa).
21) As dúvidas devem ser suscitadas antes do ingresso ao Camping.
__________________________________________________________________

VISITANTES

Marion e Guilherme (França)




Marion e Guilherme, nos visitaram em julho de 2017. Desejamos tudo de bom e de belo à vocês. Serão sempre bem vindos!
.
..